07 junho 2010

Sensação Marionete da Vida


No momento em que tentei vomitar as coisas que nunca pude digerir, toda insensatez presente calou as palavras com analgésicos de estupidez. As paredes frias do quarto escondem velhos retratos que não ouso querer enxergar.

Não gosto de viver dentro de mim, falta alguma coisa para desentortar os pregos cravados nas mãos.

Sensação marionete da vida, sentimento absurdamente teatral das coisas aparentes. As garrafas adormecem vazias olhando apenas para o vaso de flor e eu apenas semi-serro os olhos para não derrubá-las em meus pesadelos.

Nunca mais Fletwood Mac, psicodélicas tardes Malbec. Outras vezes Sauvignon. Nunca mais Jesus and Mary Chain e contrapesos como tira-gostos apimentados pela acidez do inicio de uma azia vespertina.

Sensação marionete da vida de que minhas pernas, mãos e braços não obedecem mais as cordas do meu senhorio.

Sensação marionete da vida de que pó de arroz nenhum poderá cobrir as lagrimas de um palhaço cansado de trocar o nariz e os botões que seguram firmemente seus suspensórios.

É como se fosse um bilhete da loteria nadando entre as águas sujas de qualquer sarjeta da grande cidade procurando onde se dissipar. Pode não existir o mar.

Sensação marionete da vida, e a tarde segue sua rotina entre marteladas, buzinas, pessoas e poeira que pairam espalhadas pelo ar sem vida.

7 comentários:

karina de lima disse...

eu amei o texto , e essa sensação de marionete , acho que todos passam por isso


http://www.blogescolhas.tk/

buh. disse...

é incrível como parece ter entrado nos meus pensamentos para escrever isso...

Caetano Lorenzetti disse...

Tu escreves bem demais cara! Ótimo texto.. parabéns.
http://analisefc.blogspot.com/

Débbiie disse...

eu achei tão lindo,
a maneira como vooc escreve é possivel ver com muita clareza o que voce está pensando!
amei mesmo, toou seguindoo

:*

Paty disse...

oi! é horrível mesmo a sensção de ser uma marionete, de estar sendo manipulado, de não poder decidir .... tem gente que nem se dá conta disto, o que é pior...

Francorebel disse...

Realmente essa sensação deve ser péssima. Ótimo post, valeu!

iago disse...

as vezes somos levados e nem percebos... vc escreve muito bem, parabéns pelo texto!!! e adorei a formatação do blog...tem cara de site!!!

http://iagopatucci.blogspot.com
http://iagopatucci.blogspot.com